França vive primavera mais fria dos últimos 50 anos

Paris nesta manhã de terça-feira,21 de maio de 2013
meteo-paris.com

21/05/2013

A França vive sua primavera mais fria e chuvosa dos últimos 50 anos. As consequências são desastrosas para economia nacional. O setor de turismo é um dos mais afetados e as estações balneárias já estimam queda de 500 milhões de euros de faturamento.

Uma primavera desastrosa. Esta é sensação dos franceses que ainda devem vestir casacos e impermeáveis para enfrentar temperaturas que variam entre 8 e 15 graus, consideradas como as mais baixas dos últimos 25 anos. E o pior, com chuva. No sul da França, chove três mais do que o normal nesta época do ano nos Alpes, onde algumas estradas continuam fechadas por causa da neve, algo totalmente anormal para o mês de maio.

O setor de turismo é um dos mais afetados com muitos cancelamentos em hotéis e restaurantes. Atrações como parques de diversão, que dependem do bom tempo para atrair visitantes, já começam a contabilizar perdas. Estações balneárias já estimam queda de 500 milhões de euros no faturamento. A falta de sol e o excesso de chuva atrasaram em pelo menos duas semanas a produção de frutas e legumes, e a expectativa é de que haja queda na colheita, provocando uma alta nos preços.

O ministro da Agricultura Stéphane Le Foll reconheceu nesta segunda-feira em Bourdeaux, que o mau tempo resulta em um atraso na polinização e na maturação das frutas, que provoca consequências graves para os produtores e viticultores. "Temos uma crise climática que ainda precisamos avaliar", disse.

A chuva também atrapalha o torneio de Roland Garros, o qualifing que define as últimas vagas para o quadro principal começou hoje com atraso. E comoa previsão é de mau tempo até o final do mês, os organizadores temem que o calendario do torneio, que começa a partir de domingo, fique comprometido.

Fonte: rfi


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...